Projeto Web Segura

Faça nevar no Google

By 20 de dezembro de 2011 One Comment

Além dos conhecidos “doodles”, no qual o logo do site de buscas é alterado, geralmente para homenagear uma data ou uma personalidade, o Google também possui termos específicos que escondem alguns segredos (conhecidos popularmente como easter eggs). O da vez tem motivo natalino.

Ao buscar pela expressão “let it snow” na página do buscador, em inglês, os resultados aparecem em uma tela com neve, que vai caindo aos poucos. Os flocos de gelo vão, lentamente, deixando a tela congelada, embaçando os resultados de busca. O mais legal é que você pode “limpar” o display do computador segurando o botão do mouse, arrastando o cursor pela tela – e até fazer desenhos, quem sabe. Se as coisas ficarem frias demais, basta clicar no botão “Defrost” (ou “descongelar”) que aparece no canto direito, no local onde ficava o botão de busca.

Mais ovos de páscoa
Existem outros segredos que também ficaram conhecidos ao serem espalhados pela rede. Se o usuário buscar por “tilt”, por exemplo, a página de resultados irá aparecer torta, como se estivesse quebrada. Já se o termo buscado for “barrel roll”, a página do site dará uma pirueta para frente.

Se você é fã da série “Guia do Mochileiro das Galáxias” do escritor britânico Douglas Adams, experimente perguntar para o Google “a resposta para a vida, o universo e tudo mais”. O buscador irá ativar a calculadora e dará o resultado que é, claro, 42.

Ao procurar por “anagrama” no Google, o site irá perguntar se você não quis dizer “ama angra” que, obviamente, também é um jogo de palavras.

Por fim, para deixar suas buscas animadas, tente trocar o endereço tradicional por googleloco.com, e entre no clima de festa da página.

Não existe uma página com todos os easter-eggs resgistrados, contudo o Google separou um site com todos os Doodles já publicados até hoje, além da explicação e a abrangência dos desenhos (alguns desenhos, por exemplo, são locais, e são exibidos apenas em determinados países), com links para rever os logos.

Fonte: IDGNow

Join the discussion One Comment

Deixe uma resposta