Internet e redes sociais facilitam a vida dos consumidores

A internet e principalmente as Redes Sociais, tornaram o acesso aos direitos de consumidor coisa simples e corriqueira. Facilitando o compartilhamento de ideias e o entendimento sobre seu direito acessível a todos.

Segundo o Procon, a OAB e a Associação de Defesa dos Direitos dos Consumidores, hoje a população brasileira está mais conscientes de seus direitos e isso tem feito cobrarem mais para que seus direitos sejam compridos.

Ferramentas digitais, como o site Reclame Aqui, tem auxiliado os internautas também a conhecer as empresas e como sanar problemas de forma mais proativa. O próprio Ministério da Justiça, tem iniciativas digitais como o site consumidor.gov.br na tentativa de auxiliar na resolução de conflitos entre consumidores e as empresas. O site do Ministério da Justiça, segundo algumas indicações do próprio Ministério, já foi responsável por uma redução de 25% no número de reclamações em alguns escritórios do Procon.

A possibilidade do consumidor entrar em contato diretamente com a empresa, traz um grande poder de influência para o lado do comprador que até pouco tempo atrás não existia.

Temos muito o que evoluir no que tange os direitos dos consumidores, mas a internet, as redes sociais, o poder de compartilhar, e as ferramentas hoje disponíveis, tem feito as empresas enxergarem que é mais fácil resolver os conflitos de forma amigável do que enfrentar a avalanche de problemas que podem surgir com sua marca na internet.

Deixe uma resposta