A alguns meses, foi selecionado… na verdade não, tive o privilégio de ser convidado para liderar uma grande equipe, muito show de bola. Galeria jovem, cheia de energia, expectativas profissionais sensacionais e muito promissores.

No dia a dia, percebi que a maior dificuldade desta equipe não é a tecnologia que precisam serem especialistas, nem no ritmo de trabalho alucinando que encaram, mas os clientes. Este sim, acabam com a energia de qualquer um. O ser humano tem se tornado algo complicado em suas relações pessoais em todas as frentes.

Meu principal desafio é manter a autoestima desta turma sensacional, sem se deixarem abater pela carga emocional que recebem diariamente. Tento incentivar a serem resilientes, não somente no trato profissional, e na parte técnica aprendem rápido, mas que levem isso para as suas vidas, que tem tudo para se tornar os melhores em seus objetivos de vida.

Se você lidera alguma equipe parecida com a minha, ou precisa de uma injeção de ânimo, estes artigos são para você. Fiz um compilado das melhores recomendações que encontrei e que pudesse servir de incentivo. Logico que fazendo adaptações para a minha realidade e tem trago bons frutos.

Segue abaixo a primeiro artigo que compartilhei com meu time, ajustando algumas informações particulares, mas que possa lhe ajudar no dia a dia.

SEJAM RESILIENTES

“Por estarmos trabalhando com pessoas, suportando tecnologias frias e insensíveis, e todos estão do outro lado de uma linha telefônica, está não é uma das atividades mais tranquilas que existem. Normalmente as pessoas já solicitam auxilio extremamente irritadas. Esperam um passe de mágica, e as vezes a solução não sendo tão imediata fortalece a sensação de impotência, ocasionando aumento na frustração e as vezes, explodem de forma emotiva sem razão aparente.

Precisamos nesse momento, termos a sabedoria em não tomar essa carga energética como algo direcionado, pois essa irritabilidade não é pessoal. As vezes reflete apenas um momento ruim.

Não existe receita, ou melhor maneira, de saber como trabalhar com isso. O que podemos fazer é termos “jogo de cintura” e afiáramos nossa capacidade de sermos resilientes.

Nos próximos dias, quero muito compartilhar com vocês o incentivo a desenvolver bons hábitos e como desenvolver formas práticas de crescer com a adversidade. Espero, assim, que consigam deixar nas suas estações de trabalho, toda carga energética que recebem aqui e levem simplesmente a sensação de missão comprida. Que recuperam as energias após um merecido período de descanso.

Quero lembrar, que vocês, antes de terem compromissos profissionais, tem uma responsabilidade muito mais importante, que é com vocês mesmos!! Então sejam sempre o seu melhor consigo mesmos.

Vivemos em tempos turbulentos e precisamos ser resilientes, ter força interior e desenvoltura para lidar com as adversidades da vida. Além das pressões do trabalho, temos que lidar com o estresse da vida diária: relacionamento, filhos (alguns), as pressões financeiras, estudos, família, preocupações com relação à segurança, doenças graves e morte de entes queridos.

As formas de lidar com esses elementos podem variar. Algumas pessoas lidam facilmente com adversidades e pressão, e outras demonstram maior dificuldade.

Vejo que alguns sucumbem na adversidade enquanto os outros, se superam. Qual o segredo para essa disposição? O fator preponderante é a sua capacidade de resiliência.

Resiliente é sermos capazes de mantermos o “fiel da balança”, manter a “essência” equilibrada, mesmo sobre pressão astronômica. Conseguir manter alto seu nível de inteligência emocional, sabendo que as adversidades vão passar.

Tentando pontuar características de pessoas resilientes, observamos que são:

  • Capazes de resistir a experiências estressantes sem que elas lhe afetem;
  • Conseguem permanecer focados, mesmos num turbilhão a sua volta;
  • Consegue lidar, de forma tranquila, com múltiplas demandas;
  • Mantém-se calmos e saudáveis, física e emocionalmente.

Tenho a intenção de compartilhar com vocês 7 princípios básicos para quem possam desenvolver um caráter resiliente, viver uma vida mais alegre e até mesmo florescer diante das adversidades.

Esta mensagem é enviada a vocês de coração, quero o melhor de todos vocês, hoje e sempre.

Um grande abraço a essa equipe que tenho grande orgulha de fazer parte. ”

Se tiver alguma recomendação que me auxilie neste desafio, por favor, compartilhe e enriqueça para que todos possam tirar lições valiosas para o dia a dia.

Aguardo vocês no próximo artigo.

Deixe uma resposta