Um artigo publicado na Revista da Sucesu Minas n.10 traz um projeto muito interessante sobre uma iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento que planeja transformar o centro de Belo Horizonte em um polo da Economia Criativa. Tendo em vista que somos um dos principais centros de tecnologia do país, uma iniciativa desde porte seria muito bem-vinda.mapa-bh

Com grande potencial para geração de negócios, de fácil acesso por todos, grande movimentação, mas infelizmente é uma área que está cada vez mais desvalorizada. Um projeto nesta vertical pode significar uma oxigenada onde todos ganham de forma positiva e a longo prazo.

O escopo consiste em revitalizar uma grande área do centro, contemplando a Avenida Amazonas, redondezas da Praça 7, Rua Sapucaí, agregando restaurantes, e áreas com potenciais para coworking, modelos de incentivos para startups, ou frentes de economia criativa, pode ser alocado, como por exemplo no tradicional Edifício do Bemge.

O escopo do projeto é valioso, e será muito bem-vindo por todos os Belo Horizontinos. Torcemos para que a Prefeitura realmente faça seu papel de ser a mola propulsora, como foco em potencializar iniciativas digitais, pois esta iniciativa que tem tudo para dar certo.

Veja mais detalhes na revista da SUCESU MINAS.

Deixe uma resposta